9 cuidados com o salto alto

3,608

Sim, eles deixam você mais elegante. Mas podem prejudicar sua saúde. Saiba como evitar que isso aconteça.

É difícil encontrar uma mulher vaidosa que não goste de sapato alto. Porém, muita gente desconhece os prejuízos que o salto pode trazer aos pés. Segundo a ortopedista Cibele Réssio, da Universidade Federal de São Paulo, os desconfortos e dores são causados pela pressão exercida na ponta dos pés. “A utilização dos sapatos de saltos altos reduz a participação do calcanhar na sustentação do corpo, aumentando proporcionalmente a pressão embaixo do dedão e do segundo dedo”, explica. Segundo Cibele, o salto recomendado para uso diário deve ser quadrado, para garantir a estabilidade, e ter no máximo 4 centímetros. Mas, se você não abre mão do salto alto, confira as dicas para cuidar da sua saúde sem perder a elegância.




Assim você não sofre

1. Compre calçados no final da tarde, quando os pés costumam estar inchados.

2. O sapato deve ser confortável desde a hora da compra. Comprá-lo achando que depois vai lassear é um erro.

3. Priorize o conforto que o modelo propicia, e não sua aparência.

4. Alongue a parte posterior da perna antes de colocar o sapato.

5. Alterne os tipos de sapato: se um dia você usou salto, tente no outro usar um sapato plano, assim a musculatura da perna fica em um estágio intermediário.

6. Evite calçados com saltos altos e finos: esses são os piores, já que a mulher tem de andar com os joelhos flexionados.

7. Deixe os saltos agulha e escarpins para ocasiões especiais.

8. Ao final do dia, faça massagens nos pés com a ajuda de um creme.

9. Utilize meias elásticas em casa para diminuir o inchaço dos pés e proporcionar um maior relaxamento. Sempre que possível, mantenha pernas e pés elevados.

Artigos Aleatorios

Poste um comentario