Caixa Economica Federal Realiza Leilao Para Venda de Jóias em Florianópolis SC

13,012

Banco oferta mais de 6,6 mil lotes, incluindo peças de ouro e diamantes, referentes a contratos vencidos há mais de 30 dias

A capital de Santa Catarina recebe na próxima semana leilão de jóias promovido pela Caixa Econômica Federal. O evento será realizado nos dias 14 e 15, segunda e terça-feira, das 10 às 16 horas, nas dependências da Agência Miramar, instalada na rua Trajano, nº. 187, centro de Florianópolis.

 

As jóias ofertadas estão distribuídas em 6.605 lotes. O maior deles no valor de R$ 13.800,00 contém diversas peças em ouro e diamante. Já o menor lote no valor de R$ 60,00 contém pérolas cultivadas. As peças referem-se a contratos emitidos em diversas agências da Caixa na Capital, Criciúma e Lages vencidos há mais de trinta dias.




 

Os lances deverão ser feitos também nos dias 14 e 15 nas salas de auto atendimento das agências da CAIXA, no horário de funcionamento. Para participar do leilão, bastam identificação e o cadastramento em qualquer agência da CAIXA, mediante a apresentação de documento de identidade, CPF regular perante a Receita Federal e comprovante de endereço. Podem participar pessoas físicas ou jurídicas, maiores de 18 anos ou emancipadas e com situação regular na Receita Federal (CPF/CNPJ).

 

O resultado do leilão será divulgado no dia 16/07 (quarta-feira), no site da CAIXA (www.caixa.gov.br) e no local do leilão.

 

Os clientes titulares dos contratos incluídos poderão regularizá-los em qualquer agência da CAIXA, até mesmo por meio de equipamentos disponíveis nas salas de auto-atendimento, até o dia 15/07/2008, durante o horário bancário.

 

CRÉDITO FÁCIL

 

O empréstimo sob penhor corresponde a 80% do valor de avaliação do bem. A taxa de juros varia de acordo com o valor emprestado. Se o valor do empréstimo for inferior a R$ 300,00, a taxa de juros é de 2,08 % ao mês; acima disso, de 2,85% mensais. Os prazos para pagamento do penhor foram ampliados para 1 a 180 dias. Os juros e demais encargos são descontados previamente, no ato do empréstimo, e devem ser pagos novamente a cada renovação do contrato no prazo escolhido pelo cliente. A cautela pode ser transferida para terceiros, mediante endosso.

 

Uma das linhas de financiamento mais tradicionais e populares, o Penhor e o Micropenhor são atrativos por representarem facilidades de acesso ao crédito, rapidez e juros baixos. Para o Penhor não há exigência de avalista e nem ficha cadastral e a jóia é a garantia do crédito.

 

Já o Micropenhor se destina àqueles que não possuem saldo médio mensal em conta corrente ou aplicação financeira acima de R$ 3 mil, na CAIXA ou em outros bancos. O empréstimo é limitado a R$ 1 mil, com taxa de juros de 1,80 % ao mês e prazo máximo para pagamento de até 180 dias, também com a opção de renovação no vencimento do contrato.

 

Para este ano, a CAIXA tem disponíveis recursos da ordem de R$ 5,4 bilhões para aplicação em Penhor. O montante pode representar um crescimento no saldo de até 12,5% em relação ao ano anterior. A expectativa da instituição é de firmar cerca de 9,5 milhões de contratos, aproximadamente 6,2 % a mais que em 2007.

 

Assessoria de Imprensa da CAIXA – Regional Florianópolis

Tel.: (48) 3722 5020

Se tiver dúvidas deixe um comentário! Veja Também...

Poste um comentario