Novos perfumes masculinos têm notas femininas.

3,019

Ao contrário das mulheres, que adoram explorar novas fragrâncias, os homens costumam ser tradicionais na hora de escolher um perfume, e acabam optando pelo mesmo de sempre quando um frasco chega ao fim. “Os homens em geral são mais conservadores e tendem a usar um mesmo perfume durante muitos anos”, afirma Renata Ashcar, especialista em perfumes e autora do livro “Brasilessencia: A cultura do perfume” (Best Seller) e do “Guia de Perfumes” (Duetto Editorial).




Apesar do conservadorismo dos homens, os lançamentos para o verão na perfumaria masculina trazem padrões diferentes. Notas como flores e frutas, que primariamente eram usadas na perfumaria feminina, adicionam um caráter sexy nas fragrâncias, sem esquecer do tom amadeirado ou herbal, peculiar aos perfumes masculinos. “As tendências na perfumaria masculina demoram a mudar um pouco mais do que na feminina. Geralmente as grandes transformações ocorrem a cada dois ou três anos. A tendência anterior era a de perfumes com aromas de especiarias, agora temos essa nova leveza masculina, representada por um frescor mais sexy”, explica Julia Fernández, gerente de marketing de perfumaria da International Flavors & Fragrances - IFF, uma das principais casas perfumistas do mundo.

No Brasil, a preferência dos homens fica nos perfumes amadeirados, cítricos e aqueles que estão na família olfativa chamada “fougère”, que combinam o frescor do cítrico com as notas amadeiradas, herbais e alavandadas. Para quem está interessado em literalmente mudar de ares, as especialistas consultadas dão suas dicas abaixo. Também é possível checar as novidades que as principais empresas trazem para a perfumaria masculina na galeria de fotos que montamos. Prepare seu olfato e boas compras!

Teste na própria pele
Não adianta comprar um perfume baseado na indicação de um amigo ou da namorada, ou baseado no cheiro que ele exala em outra pessoa, pois a fragrância reage de maneira diferente em cada indivíduo. O perfil genético, os hábitos alimentares e o grau de transpiração afetam o aroma do produto. Evite comprar um perfume após uma alimentação pesada ou condimentada e depois de exercícios físicos vigorosos. As condições de saúde também interferem, pois doenças alteram a química do corpo.

Experimente e espere uma hora
O ideal é experimentar o perfume no pulso ou antebraço e aguardar pelo menos uma hora para o desenvolvimento das três fases da difusão da fragrância. Notas de saída duram até 15 minutos, notas de coração são liberadas a partir do aquecimento da pele e permanecem 40 minutos, por fim, as notas de fundo são as mais tardias, porém mais persistentes. São elas que ficarão marcadas como as mais características em seu perfume.

Três é o limite
Experimente no máximo três fragrâncias por dia, para não prejudicar a sua capacidade olfativa. Aspirar grãos de café ajuda a neutralizar a fragrância anterior - as boas perfumarias costumam disponibilizar potinhos com esse fim.

Sem exagero
O perfume não precisa escorrer do pescoço para ter um bom efeito. Borrife no pescoço, no peito e, se desejar, no antebraço. Caso o frasco não possua borrifador, aplique com o dedo de maneira contida, em pontos específicos de maior pulsação, onde eles duram mais, como pulsos e nuca. É preferível reaplica-lo durante o dia a sair pela manhã exalando a fragrância exageradamente.

Na roupa, não!
Não se deve aplicar o perfume na roupa, pois o odor do tecido se mistura ao da fragrância, alterando o resultado - além do risco de manchar a peça. Também é proibido usar perfume antes da exposição ao sol, pois se trata de um produto químico que pode agir como sensibilizante e provocar manchas na pele. Não misture o perfume com desodorante,cremes ou loções com cheiro diferente.

Artigos Aleatorios

Poste um comentario