Operadoras de celular possuem tarifas mais baratas do que telefonia fixa

31,938

Já faz tempo que o consumidor brasileiro sabe que ligar de celular para celular é mais barato do que fazer essa ligação a partir de um fixo. Mas quando se estava em casa e queria telefonar para outro número fixo, a lógica era usar o aparelho convencional, cuja tarifa era sensivelmente menor.





Entretanto, esse panorama está mudando. As operadoras de telefonia
móvel avançam de forma agressiva sobre o mercado de ligações para
números fixos depois dos celulares conquistarem 90% da população,
segundo dados da última Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílios
(Pnad), realizada pelo IBGE. E o número de habilitações de celular
continua crescendo no país . Com 1.823.368 novas habilitações em
setembro, o Serviço Móvel Pessoal (SMP) cresceu 1,6% a 112.753.264
assinantes em relação ao mês anterior, segundo dados desta
segunda-feira da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Tarifas das principais operadoras

Além de permitir usar o celular em casa como um telefone sem fio moderno, o
novo serviço do segmento móvel traz outra boa notícia para o
consumidor: competição na telefonia fixa local, que praticamente não
existia e é necessária para a redução de tarifas.

As tarifas nos novos planos do segmento móvel para fazer ligações locais para fixo
durante 200 minutos, o Tim Casa e o Vivo Residencial, já saem mais
baratas do que o Plano Básico do sistema convencional da Oi ( 200
minutos) ou do que o Plano Fale 230 minutos da mesma operadora, que tem
custo ainda menor.

Franquia da Oi

A franquia de um telefone fixo da Oi para ligações locais para outro fixo custa R$ 44,70 no plano de 230 minutos, com isso, o minuto sai a R$ 0,19. No plano básico da operadora, cuja franquia de 200 minutos custa R$ 41,77, o minuto sai por R$ 0,20.

Mas o braço móvel da Oi tem um plano adicional do celular de conta (pós-pago), o Oi para Mim, que oferece 100 minutos de ligações de celular para fixo por mais R$ 11,99 por mês, o que significa que o minuto custa R$ 0,12.

Franquia da Tim

No TIM Casa, 200 minutos de ligação do aparelho celular para uma linha fixa custam R$ 29,90, portanto, o minuto, R$ 0,15. No Vivo Telefone residencial, a franquia para o mesmo tempo é de R$ 35, o minuto sai por R$ 0,18. Mas, além dos minutos fixos, por este mesmo preço, o cliente ainda tem mais 35 minutos de ligação para celular.Todos os preços se referem ao Rio de Janeiro.

A partir do dia 20 de outubro, o TIM Casa Flex também tem versão pré-paga, com franquia de 50 minutos por R$ 9,90, cujo minuto sai por R$ 0,20. O valor supera o cobrado pelo mesmo tempo no plano básico da telefonia fixa, mas proporciona a oportunidade de ter um número fixo para quem não pode desembolsar R$ 41,77 por mês para a assinatura básica de 200 minutos do telefone fixo convencional.

Também há economia na instalação. Não há cobrança para habilitar o TIM Casa ou o Vivo Telefone Residencial. Para instalar um telefone fixo da Oi na sua casa, o consumidor paga R$ 55.
Mas antes de contratar qualquer serviço, os especialistas alertam que o mais importante é o consumidor procurar o plano adequado ao seu perfill de consumo , para não gastar além do previsto no plano e pagar mais caro.

É preciso ter algum aparelho especial?

O braço móvel da Oi tem ainda um aparelho especial, chamado Oi Flex, que você pode usar como fixo em casa. A tarifa nesse uso depende do plano que você tem, mas a comodidade desse serviço tem um custo. O cliente precisa comprar um kit que custa R$ 829, do qual fazem parte um decoder e um aparelho de celular Motorola V3 especial. Como o Oi Flex exige a linha fixa, implica necessariamente no seu custo de instalação e da tarifa básica.

Segundo a operadora, a idéia é transformar o celular em aparelho fixo sem fio, funciona num raio de 100 m do ponto de instalação do decoder em casa, usando a tecnologia bluetooh. Com isso, o cliente aproveita as facilidades da mobilidade do aparelho e da agenda telefônica e da caixa-postal.

A vantagem do Oi Flex é que quando você sai de casa com o celular, as pessoas continuam tendo um telefone fixo instalado na sua casa para ligar. O mesmo não acontece com o TIM Casa e o Vivo Telefone Residencial. Se a pessoa sai com o celular, não fica nenhum aparelho em casa e a cobrança das ligações, tanto para quem liga quanto para quem recebe, segue os preços do serviço móvel.

No TIM Casa, é preciso ter um telefone e uma linha TIM e cadastrar um ponto fixo, para que a rede GSM identifique quando você se encontra nele, cobrando então a tarifa diferenciada de R$ 0,15. Já o TIM Casa Flex, lançado em outubro, é uma evolução do primeiro, pode ser usado até por quem não tem uma linha de celular da operadora. Basta ter um aparelho com um chip da TIM, ao qual é anexado apenas um número de linha fixa. Quem já usa um celular TIM, acrescenta no mesmo chip o número fixo.

Mas o plano de 200 minutos está disponível apenas para os clientes do pós-pago. Quem é do serviço pré-pago, só pode comprar créditos de 50 minutos por R$ 9,90, cujo minuto de ligação sai mais caro, R$ 0,20.

Com o TIM Casa Flex, quando o usuário está em casa, além de fazer ligações com preço de telefone fixo, quem ligar para ele paga essa mesma tarifa, o que não acontecia na versão anterior. Se alguém ligar para o número fixo e o usuário não estiver em casa, pode deixar mensagem na caixa postal, disponível para escutar no celular. Entretanto, vale lembrar que ouvir cada mensagem fica na faixa dos R$ 0,50.

Para usar o Vivo Telefone Residencial não é necessário ter um número fixo por perto ou cadastrar o ponto de onde se deseja fazer as ligações para fixo. Basta ser assinante do serviço móvel do operadora e contratar o plano para ter direito à tarifa diferenciada, ligue você de casa, do escritório ou da praia.

A empresa diz que para oferecer esse serviço não precisa usar o braço fixo do grupo do qual fazer parte, a Telefônica. Usa a sua rede CDMA e GSM, mas este serviço ainda está no projeto-piloto em Curitiba. A previsão é que seja estendido para todas as regiões em que a operadora atua até dezembro.

Sem o serviço de tarifas reduzidas, o consumidor que usa o celular para ligar para números fixos paga pelo menos três vezes mais pelo minuto da ligação, uma tarifa na faixa dos R$ 0,50. Quem tem conta de celular pelo Plano TIM Brasil 250 minutos, por exemplo, paga R$ 0,575 quando liga para um número fixo. Se adere ao TIM Casa também paga essa tarifa quando liga para um fixo de outro lugar que não seja o ponto fixo cadastrado. No plano Oi celular de 220 minutos, o minuto de ligação do celular para o fixo sai por R$ 0,504. No Vivo Escolha 180 minutos, é R$ 0,577.

Se tiver dúvidas deixe um comentário! Veja Também...

  1. 1 resposta to “Operadoras de celular possuem tarifas mais baratas do que telefonia fixa”

  2. Por tim casa flex Em Mai 2, 2012 | Responder

    gostaria de saber como adquiri um aparelho tim casa flex,pois tenho interesse e não sei como fazer.obrigada

Poste um comentario