Timidez!

2,535

A timidez é uma inibição que ocorre em momentos de comunicação com outras pessoas que pode ou não provocar alterações físicas,





como aceleração dos batimentos cardíacos, mãos geladas, aceleração
da respiração, suor nas mãos, frio na barriga e outras. Uma pessoa
tímida se preocupa com suas atitudes e reações e o que essas podem
provocar em outras pessoas. Muitas vezes essas preocupações são geradas
pelo sentimento de impotência, medo de falar ou agir próximo a outras
pessoas.

Tais situações caracterizam a princípio a timidez, mas também pode caracterizar o início de um ciclo que pode ou não ocorrer:

Timidez específica: Ocorre quando o tímido se inibe em determinadas situações ou em proximidade de determinadas pessoas.

Timidez crônica: Ocorre quando o tímido já não se aproxima de ninguém, não faz amigos e nem fala com estranhos.

Fobia social: Ocorre quando o tímido já nem consegue exercer suas atividades rotineiras por simples medo de se expor.

Agorafobia:
Ocorre quando o tímido já demonstra pavor em permanecer em locais
abertos e em meio a muitas pessoas. Nesse período é necessário
tratamento terápico.

Síndrome do pânico: Ocorre quando o tímido apresenta ataques de pânico que podem ser provocados por ansiedade e vergonha. Nesse estágio, o tímido já associou uma série de elementos psicológicos que se aglomeram, nesse caso o indivíduo necessita de tratamento.

A
princípio, uma pessoa tímida não compromete significativamente sua
vida, mas se perceber qualquer alteração de comportamento deve procurar
auxílio psicológico para controlar tais alterações e impedir o
agravamento da situação. O apoio psicoterápico é importante para que o
tímido conheça e entenda suas inseguranças e medos e para que tenha
controle sobre eles.

Se tiver dúvidas deixe um comentário! Veja Também...

Poste um comentario