Acne: vilã não só na puberdade

4,814

Acne: vilã não só na puberdade

Você até já estava preparada para os primeiros sinais do tempo, rugas e
manchas de sol… Mas espinhas depois dos 30? Essa não dá para
entender. Afinal, você já não é mais uma menininha para ficar com o
rosto vermelho e repleto de pontinhos amarelos e doloridos.




Saiba
que você não está sozinha. Atualmente, a acne adulta é uma das
alterações de pele mais freqüente em mulheres com mais de 25 anos, e
ela pode se prolongar até fases tardias (mais de 50, 60, 70 anos).

Assim
como a acne que aparece na adolescência, a acne adulta é caracterizada
por lesões inflamadas, com pus, oleosidade, cravos e que, se não forem
tratadas de forma correta, podem deixar cicatrizes.

E por que ela aparece?

A
acne é resultado do hiperfuncionamento das glândulas sebáceas que, ao
produzirem mais sebo do que é necessário, obstrui e dilata os poros,
formando os cravos, também chamados de comedões. Quando esses comedões
entram em contato com a bactéria P.acne, surge a indesejável espinha.

Alguns
fatores podem desencadear essa situação: estresse, distúrbios
hormonais, ovários policísticos, uso de cosméticos inadequados,
implantes hormonais para cessar a menstruação, etc.

E como é o tratamento?

Existem
várias maneiras de combater a acne. O que vai determinar o tipo de
tratamento a ser seguido é a intensidade do problema, o tipo de lesão
predominante, a localização e a presença de distúrbio hormonal. Por
isso, é imprescindível consultar um dermatologista.

Normalmente,
o tratamento é feito com sabonetes à base de ácido salicílico e enxofre
(diminuem a oleosidade), antibióticos locais ou via oral, derivados da
vitamina A, como o ácido retinóico, que atua regularizando a formação
de queratina da pele, e a isotretinoína via oral.

Para quem quer
cuidar da pele antes do aparecimento dos primeiros pontinhos pretos, a
dica é a linha NEUTROGENA® RAPID CLEAR Anti-Cravos, com Esfoliante e
Máscara em Gel, que ajuda a eliminar e prevenir a formação de novos
cravos. Clique aqui para conhecê-la.

Dicas para cuidar da sua pele

- Não aperte as lesões de acne. Isso agrava a inflamação, deixando marcas às vezes definitivas.

- No rosto, prefira hidratante e o protetor solar com formulações em gel oil-free e não-comedogênico.

- Não abuse do sol e da água muito quente para lavar o rosto.

***
Fonte: Site Neutrogena

Se tiver dúvidas deixe um comentário! Veja Também...

Poste um comentario