Prefeitura Municipal de Janduís - Rio Grande do Norte - Abre Concurso Público Com 160 Vagas (Veja aqui o edital)

2,230

O Prefeito Municipal de Janduís, Estado do Rio Grande do Norte (www.janduis.rn.gov.br), realizará Concurso Público de provas, para provimento de vagas, para a Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento Básico, de Educação, Cultura e Desportos, e de Administração e Recursos Humanos.O Concurso será realizado sob a responsabilidade da Fundação João do Vale.




Sobre as inscrições:

* As inscrições presenciais serão realizadas de 2 a 13 de março de 2009 (dias úteis) na SEMTHAS, Rua Adrião Fernandes, nº 27, Centro, Janduís-RN.
* A inscrição via Internet será admitida no endereço eletrônico www.fundacaojoaodovale.com.br, no período compreendido de 2 a 13 de março de 2009.

O valor da taxa de inscrição será de R$ 40,00 para cargos de Nível Superior, de R$ 30,00 para cargos de Nível Médio Completo e Incompleto, e de R$ 20,00 para cargos de Nível Fundamental Incompleto, devendo ser efetuado exclusivamente nas Casas Lotéricas, Caixas Eletrônicos da Caixa Econômica Federal e Correspondentes Bancários da Caixa Econômica Federal (Caixa Aqui), para quitação da taxa de inscrição.

Os cargos oferecidos são os seguintes:

* Nível Superior: Agrônomo (1), Assistente Social (1), Bioquímico (1), Contador (1), Enfermeiro - Hospital (1), Engenheiro Civil (1), Fisioterapeuta (1), Médico Clínico Geral (1), Professor pm2 (9), Psicólogo (1), Psicopedagogo (1), Supervisor Pedagógico (4), Veterinário (1);
* Nível Médio: Agente de Arrecadação (1), Agente de Serviços Administrativo (20), Arquivista (1), Auxiliar de Consultório Dentário - PSF (2), Auxiliar de Enfermagem (6), Auxiliar de Enfermagem - PSF (2), Digitador (7), Fiscal de Obras (1), Fiscal de Tributos (1), Operador de Raio X (1), Professor pm1 (22), Técnico Agropecuário (2), Topógrafo (1);
* Nível Médio Incompleto: Eletricista (1);
* Nível Fundamental Incompleto: Auxiliar de Serviços Gerais (29), Copeira (2), Cozinheira (2), Guarda (20), Merendeira (3), Motorista “D” (9), Sepultador (1), Tratorista (2).

A remuneração varia de R$ 465,00 a R$ 2.100,00 de acordo com o cargo e o Nível de escolaridade exigido.

Sobre a realização das Provas:

O Concurso constará de Provas Escritas Objetivas para todos os cargos, de caráter eliminatório, valendo 100 pontos.

* As Provas serão aplicadas no dia 5 de abril de 2009, em Janduís-RN, em local e data de aplicação afixadas na Prefeitura Municipal, situada na Avenida Santa Terezinha, nº 21, Centro, e no site, a partir do dia 30 de março de 2009. Serão considerados habilitados na Prova os candidatos que obtiverem, no mínimo, 60% dos pontos válidos para a mesma.

O prazo de validade será 2 nos, contados da data de publicação do Edital de Homologação do Resultado Final no Diário Oficial d Estado, podendo ser prorrogado por igual período.

Veja aqui o edital:

O Prefeito Municipal de Janduís, Estado do Rio Grande do Norte, tendo em vista o Contrato firmado entre a Prefeitura Municipal de Janduís - RN e a Fundação João do Vale faz saber que realizará Concurso Público de provas, para provimento de vagas no quadro permanente da Prefeitura Municipal de Janduís - RN, de acordo com o disposto na Lei Orgânica do Município, que se regerá na forma do presente Edital.

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

O Concurso será realizado sob a responsabilidade da Fundação João do Vale, obedecidas às normas deste Edital.

1.1. Os cargos, o número de vagas, o requisito, a remuneração e taxa de inscrição estão estabelecidos no quadro a seguir:

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E SANEAMENTO BÁSICO
ITEM CARGOS VAGAS REQUISITOS PARA INVESTIDURA * VENCIMENTO CH TAXA R$
1. Médico Clínico Geral 01 Graduação Superior comprovada por diploma de conclusão do curso de Medicina com inscrição no Conselho Regional de Medicina. R$ 2.100,00 40 H 40,00
2. Enfermeiro(a) - Hospital 01 Graduação Superior comprovada por Diploma de Conclusão do Curso de Enfermagem e inscrição no Conselho Regional de Enfermagem. R$ 1.256,85 40 H 40,00
3. Auxiliar de Consultório Dentário - PSF 02 Ensino Médio Completo mais curso de Auxiliar de Consultório Dentário e Inscrição no Conselho Regional de Odontologia R$ 523,68 40 H 30,00
4. Auxiliar de Enfermagem - PSF 02 Ensino Médio mais curso de Auxiliar de Enfermagem com inscrição no Conselho de Enfermagem R$ 523,68 40 H 30,00
5. Fisioterapeuta 01 Graduação Superior comprovada no Curso de Fisioterapia e inscrição no Conselho Regional de Fisioterapia. R$ 1.256,85 40 H 40,00
6. Psicólogo 01 Graduação Superior comprovada no Curso de Psicologia com o Registro do Conselho Regional de Psicologia. R$ 1.256,85 40 H 40,00
7. Operador de Raio X 01 Ensino Médio completo, mais Curso Técnico em Radiologia R$ 523,68 40 H 30,00
8. Auxiliar de Enfermagem 06 Ensino Médio mais curso de Auxiliar de Enfermagem com inscrição no Conselho de Enfermagem R$ 523,68 40 H 30,00
9. Digitador 03 Ensino Médio Completo mais curso de operador de Microcomputador R$ 523,68 40 H 30,00
10. Motorista 03 Ensino Fundamental Incompleto com Carteira de Habilitação “D” R$ 465,00 40 H 20,00
11. Auxiliar de Serviços Gerais 04 Ensino Fundamental Incompleto R$ 465,00 40 H 20,00
12. Cozinheira 02 Ensino Fundamental Incompleto R$ 465,00 40 H 20,00
13. Copeira 02 Ensino Fundamental Incompleto R$ 465,00 40 H 20,00
14. Agente de Serviços Administrativos 03 Ensino Médio Completo mais curso de operador de Microcomputador R$ 523,68 40 H 30,00
15. Bioquímico 01 Graduação Superior comprovada no Curso de Bioquímica e inscrição no Conselho Regional de Farmácia e Bioquímica R$ 1.256,85 40 H 40,00
TOTAL 33 -
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DESPORTOS
ITEM CARGOS VAGAS REQUISITOS PARA INVESTIDURA * VENCIMENTO CH TAXA R$
16. Professor pm1 22 Ensino Médio com Habilitação para Magistério R$ 645,00 40 H 30,00
17. Professor pm2 09 Normal Superior ou Licenciatura Plena em Pedagogia R$ 710,28 40 H 40,00
18. Supervisor Pedagógico 04 Licenciatura Plena em Pedagogia R$ 710,28 40 H 40,00
19. Auxiliar de Serviços Gerais 16 Ensino Fundamental Incompleto R$ 465,00 40 H 20,00
20. Merendeira 03 Ensino Fundamental Incompleto R$ 465,00 40 H 20,00
21. Psicopedagogo 01 Graduação Superior comprovada no Curso em Psicologia, Pedagogia e Especialização em Psicopedagogia R$ 762,96 40 H 40,00
22. Motorista 04 Ensino Fundamental Incompleto com Carteira de Habilitação “D” R$ 465,00 40 H 20,00
23. Agente de Serviços Administrativos 05 Ensino Médio Completo mais curso de operador de microcomputador R$ 523,68 40 H 30,00
24. Digitador 02 Ensino Médio Completo mais curso de operador de Microcomputador R$ 523,68 40 H 30,00
TOTAL 66 -
SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS
ITEM CARGOS VAGAS REQUISITOS PARA INVESTIDURA * VENCIMENTO CH TAXA R$
25. Auxiliar de Serviços Gerais 09 Ensino Fundamental Incompleto R$ 465,00 40 H 20,00
26. Guarda 20 Ensino Fundamental Incompleto R$ 465,00 40 H 20,00
27. Digitador 02 Ensino Médio Completo mais curso de operador de Microcomputador R$ 523,68 40 H 30,00
28. Agente de Arrecadação 01 Ensino Médio Completo mais curso de operador de microcomputador R$ 523,68 40 H 30,00
29. Sepultador 01 Ensino Fundamental Incompleto R$ 465,00 40 H 20,00
30. Agente de Serviços Administrativo 12 Ensino Médio Completo mais curso de operador de microcomputador R$ 523,68 40 H 30,00
31. Arquivista 01 Ensino Médio Completo mais curso de operador de Microcomputador R$ 523,68 40 H 30,00
32. Motorista 02 Ensino Fundamental Incompleto com Carteira de Habilitação “D” R$ 465,00 40 H 20,00
33. Engenheiro Civil 01 Graduação Superior comprovada em Engenharia Civil mais Registro no CREA - Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia R$ 1.256,85 40 H 40,00
34. Fiscal de Obras 01 Ensino Médio Completo mais curso de operador de microcomputador R$ 523,68 40 H 30,00
35. Tratorista 02 Ensino Fundamental Incompleto R$ 465,00 40 H 20,00
36. Eletricista 01 Ensino médio Incompleto R$ 523,68 40 H 30,00
37. Veterinário 01 Graduação Superior comprovada em Medicina Veterinária Inscrição no Conselho respectivo R$ 1.256,85 40 H 40,00
38. Agrônomo 01 Graduação Superior comprovada em Engenharia Agronômica mais Registro no CREA - Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia R$ 1.256,85 40 H 40,00
39. Técnico Agropecuário 02 Ensino médio profissionalizante ou médio completo mais curso técnico em. Agropecuária mais curso de operador de microcomputador R$ 523,68 40 H 30,00
40. Contador 01 Graduação Superior comprovada em Ciências Contábeis e possuir registro no Conselho Regional de Contabilidade (CRC) R$ 1.256,85 40 H 40,00
41. Topógrafo 01 Curso Técnico em topografia mais curso de operador de microcomputador R$ 523,68 40 H 30,00
42. Assistente Social 01 Graduação Superior comprovada em Serviço Social Inscrição no Conselho respectivo R$ 1.256,85 40 H 40,00
43. Fiscal de Tributos 01 Ensino Médio Completo mais curso de operador de microcomputador R$ 523,68 40 H 30,00
TOTAL 61 -
TOTAL GERAL DE VAGAS 160 -

2. REQUISITOS PARA INVESTIDURA NO CARGO

2.1. A investidura no cargo está condicionada ao atendimento das seguintes condições:

· Ter nacionalidade brasileira e no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, na forma do disposto art. 13 do decreto n. º 70.436, de 18 de abril de 1972;

· Estar em gozo dos direitos políticos;

· Estar quite com as obrigações eleitorais;

· Estar quite com as obrigações militares, para os candidatos do sexo masculino;

· Ter idade mínima de 18 anos;

· Comprovar os requisitos exigidos para o exercício do cargo, na forma do subitem 1.1 deste Edital;

· Apresentar atestado de sanidade física e mental;

· Apresentar declaração de acumulação lícita de cargo público;

· Inscrição no órgão da classe, quando for o caso;

· Apresentar declaração de bens e valores patrimoniais.

2.2. O candidato deverá certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos para a participação no Concurso. A falta de comprovação de qualquer um dos requisitos especificados no subitem 2.1 impedirá a posse do candidato.

3. DA INSCRIÇÃO

3.1 As inscrições presenciais serão realizadas no período 02 a 13.03.2009 (dias úteis) na SEMTHAS, Rua Adrião Fernandes, 27, Centro, Janduís - RN.

3.2.0. A boleta de pagamento da inscrição realizada pela internet bem como da inscrição presencial deverá ser paga exclusivamente nas Casas Lotéricas, Caixas Eletrônicos da Caixa Econômica Federal e Correspondentes Bancários da Caixa Econômica Federal (Caixa Aqui), para quitação da taxa de inscrição.

3.3. Candidato apresentará no ato da inscrição:

· Comprovante da taxa de inscrição, em nome da PREFEITURA MUNICIPAL DE JANDUIS;

· Ficha de inscrição adquirida no local das inscrições, preenchida sem emendas, rasuras ou omissões, e assinada pelo candidato;

· Fotocópia legível da Cédula Oficial de Identidade, ou Cédula de Identidade Profissional ou Carteira de Trabalho e Previdência Social;

3.3.1 Os candidatos portadores de deficiência apresentarão, ainda, a documentação especificada no item 3.18.

3.4 Efetivada a inscrição, não serão aceitos em nenhuma hipótese, pedidos para alteração de cargo ou restituição do valor da taxa de inscrição, seja qual for o motivo alegado.

3.5. Não serão aceitas inscrições por via postal, fac-símile, condicional e/ou extemporâneas, ou por qualquer outra via que não especificada neste Edital. Admitir-se-á, contudo, inscrição por procuração, sendo apresentado o instrumento de mandado, fotocópia legível e autenticada do documento de identidade do procurador e documento relativo ao candidato, constantes no subitem 3.3, que ficarão em poder da Fundação João do Vale.

3.6. As informações prestadas na ficha de inscrição serão de inteira responsabilidade do candidato e/ou do seu procurador. A Fundação terá o direito de excluir do processo seletivo o candidato, cuja ficha for preenchida com dados incorretos, incompletos ou se constatar, posteriormente, que os mesmos são inverídicos.

3.7. A inscrição via internet será admitida no endereço eletrônico www.fundacaojoaodovale.com.br no período compreendido entre 02 a 13.03.2009. Para isso o candidato informará o número de seu CPF, condição exclusiva e obrigatória para esta modalidade de inscrição.

3.8 A Fundação João do Vale não se responsabiliza por inscrição não recebida por motivo de ordem técnica dos computadores, tais como falhas de comunicação e congestionamento que impossibilitem a transferência de dados.

3.9 As solicitações de inscrições via internet cujos pagamentos forem efetuados após as horas e datas estabelecidas no subitem 3.7 não serão acatadas, e independentemente do motivo da perda do prazo.

3.10. Antes de efetuar o pagamento da taxa de inscrição, o candidato deverá certificar-se de que preenche todas as condições exigidas para o cargo ou emprego pretendido.

3.11. Por ocasião da inscrição o candidato deverá optar por um único cargo para o qual deseja concorrer às vagas ofertadas. No caso de o candidato se inscrever para mais de um cargo, a última inscrição invalida a primeira.

3.12. Serão reservadas às pessoas portadoras de deficiências, em caso de aprovação, 5% (cinco por cento) das vagas determinadas para cada cargo, consideradas as frações. Na falta de candidatos aprovados para as vagas reservadas a deficientes, estas serão preenchidas pelos demais concursados, com a estrita observância da ordem classificatória.

3.13. Consideram-se pessoas portadoras de deficiências, aquelas que se enquadram nas categorias discriminadas no art. 4º do Decreto 3.298/99, de 20/12/1999.

3.14. Nos termos estabelecidos pelo citado Decreto o candidato portador de deficiência deverá identificá-la na ficha de inscrição.

3.15. As pessoas portadoras de deficiência, resguardadas as condições especiais previstas no Decreto 3.298/99, particularmente em seu Artigo n.º 40, participarão do Concurso em igualdade de condições com os demais candidatos, no que se refere ao conteúdo das provas, à avaliação e aos critérios de aprovação, horário, local de aplicação das provas e à nota mínima exigida para todos os demais candidatos.

3.16. Os candidatos portadores de deficiência deverão apresentar, no ato da inscrição:

a) laudo médico atestando a especificidade, grau da deficiência, com expressa referência ao código da Classificação Internacional de Doenças - CID e a compatibilidade da deficiência com as atividades do cargo que irá concorrer;

b) solicitação do acompanhamento para realizar prova com monitor ou a confecção da prova ampliada, para os deficientes cegos ou amblíopes;

c) solicitação de tempo adicional para realização da prova, com justificativa de parecer emitido por especialista da área de sua deficiência, para os candidatos, cuja deficiência, comprovadamente, assim o exigir:

3.17. Os candidatos que não atenderem os dispositivos mencionados no subitem 3.9:

· Alínea “a” - serão considerados como não portadores de deficiência;

· Alínea “b” - não terão a prova preparada, seja qual for o motivo alegado.

· Alínea “c” - não terão direito ao tempo adicional.

3.18. O candidato portador de deficiência que no ato da inscrição, não declarar esta condição, não poderá impetrar recurso em favor de sua situação.

3.19. O candidato portador de deficiência aprovado no concurso será submetido à perícia médica do Sistema Único de Saúde - SUS, que decidirá sobre a compatibilidade ou não da deficiência com o exercício das atividades do cargo.

4. DO PROCESSO DO SELETIVO

4.1. Para os Cargos de Nível Superior o Concurso constará de provas escritas objetivas, de caráter eliminatório, valendo 100 (cem) pontos.

4.2. Para os Cargos de Nível Médio e Fundamental o Concurso constará de provas escritas objetivas, de caráter eliminatório, valendo 100 (cem) pontos.

4.3. A prova escrita objetiva para cada cargo, versará sobre os respectivos conteúdos programáticos, constantes no Anexo III do Edital que será entregue ao candidato no ato da inscrição.

4.4. Serão considerados habilitados na prova escrita objetiva os candidatos que obtiverem, no mínimo, 60% (sessenta por cento) dos pontos válidos para a mesma.

4.5. Em hipótese alguma haverá vista ou revisão de prova, facultada, no entanto, a interposição de recurso na forma do item 6 e seus subitens.

5. DA REALIZAÇÃO DAS PROVAS

5.1. As provas serão aplicadas, em JANDUÍS - RN, em local e data de acordo com o Cronograma de Execução - Anexo II.

5.2. A relação dos candidatos por local e sala de aplicação das provas será afixada na Prefeitura Municipal de Janduís - RN, situada na Av. Santa Terezinha, 21, Centro, e no site www.fundacaojoaodovale.com.br.

5.2.1 Os candidatos poderão retirar através do site www.fundacaojoaodovale.com.br, o seu cartão de inscrição usando para isto o CPF e o número de inscrição, a partir do dia 30.03.2009.

5.3. O candidato comparecerá ao local de aplicação das provas, com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos do horário fixado para o início das mesmas, munido de:

a) caneta esferográfica (tinta azul ou preta);

b) comprovante de inscrição;

c) documento de Identidade Civil, Militar ou Profissional original, apresentado no ato da inscrição.

5.3.1. Sem o documento oficial de identificação o candidato não fará prova.

5.4. Não será admitido à sala de aplicação de provas o candidato que se apresentar após o horário estabelecido para o início da prova.

5.5. Será proibido o ingresso, nas salas de realização das provas, do candidato que conduzir máquina calculadora (também em relógio) ou similar, telefone celular, Ipods, MP3, BIP, Walkman, gravador ou qualquer outro receptor de mensagem ou portando armas. Durante a realização das provas objetivas não será permitida qualquer espécie de consulta ou comunicação entre os candidatos.

5.6. As provas escritas objetivas terão duração de 04 (quatro) horas e serão do tipo múltipla escolha, com uma única resposta correta.

5.7. As respostas serão transcritas para o CARTÃO RESPOSTA, que é o único documento válido para a correção eletrônica através de leitura óptica.

5.8. O preenchimento do CARTÃO RESPOSTA será de inteira responsabilidade do candidato, que procederá de acordo com as instruções contidas no Caderno de Questões.

5.9. O candidato que pintar a PARTE SUPERIOR (área que especifica o cargo e inscrição) do seu CARTÃO RESPOSTA invalidará o seu cartão resposta e será ELIMINADO DO CONCURSO.

5.10 Na correção do CARTÃO RESPOSTA será atribuída nota 0 (zero) às questões não assinaladas, questões que contiverem mais de uma alternativa marcada, emenda ou rasura, ainda que legível.

5.11. Ao terminar a prova escrita objetiva, o candidato entregará ao fiscal da sala o CARTÃO RESPOSTA devidamente assinado. 5.12. Em nenhuma hipótese haverá segunda chamada para as provas, nem substituição do CARTÃO RESPOSTA por erro do candidato, seja qual for o motivo alegado.

5.13. Decorridas 02 (duas) horas do início da prova escrita objetiva, o candidato poderá levar o caderno de questões. 5.14. O Gabarito Oficial das provas escritas objetivas será divulgado na data constante no Cronograma de Execução - Anexo II.

6. DO RECURSO

6.1. Admitir-se-á um único recurso para cada candidato, relativa à divulgação do Gabarito Oficial da prova escrita objetiva, desde que devidamente fundamentado e dirigido à Comissão Organizadora do Concurso e entregue sob protocolo na Prefeitura Municipal, na data prevista no Cronograma de Execução - Anexo II.

6.2. O Formulário para o requerimento do recurso é o constante do anexo IV. Neste não poderá conter nome ou qualquer indicação que possa identificar o candidato, que assinará na sobre capa destacável.

6.3. O recurso para cada prova e/ou resultado será individual e somente será admitido se interposto no prazo determinado no Cronograma de Execução - Anexo II. Não será aceito, em nenhuma hipótese, recurso interposto fora do prazo, nem considerado aquele em que o recorrente de alguma forma se identificar.

6.4. Os pontos (s) relativos(s) à (s) questão (ões) eventualmente anulada (s) serão atribuídos(s) a todos os candidatos.

6.5. Caso haja provimento de recursos, este poderá gerar, eventualmente, alteração na pontuação obtida pelo candidato, modificando sua posição para uma classificação superior ou inferior, e ainda, a sua desclassificação, se não atender os itens 7 e 8 e seus subitens, deste Edital.

6.6. A decisão proferida pela Banca Examinadora tem caráter irrecorrível na esfera administrativa, razão pela qual não caberão recursos adicionais.

6.7. Os recursos intempestivos serão desconsiderados e os inconsistentes serão indeferidos.

7.CRITÉRIOS DE APROVAÇÃO

7.1. Será considerado habilitado e aprovado no concurso o candidato que, cumulativamente, atender às seguintes exigências:

a) tiver obtido, no mínimo, 60% (sessenta por cento) do total de pontos da prova escrita objetiva;

b) tiver sido classificado até o limite de vagas determinadas para os cargos constantes no subitem 1.1 deste Edital.

8. DA CLASSIFICAÇÃO FINAL

8.1. A classificação final dos candidatos para cada cargo dar-se-á em ordem decrescente do total de pontos da prova escrita objetiva (observado o percentual mínimo exigido), até o limite de vagas determinado para cada cargo neste Edital.

8.2. Ocorrendo igualdade de pontos para fins de classificação final, terá preferência, após a observância do disposto no Parágrafo Único do Art. 27 da Lei 10.741 2003 (Lei do Idoso), o desempate será em prol do candidato que, sucessivamente; . Obtiver maior número de pontos na Prova Escrita - Conhecimento Específico.

· Obtiver maior número de pontos na prova de Língua Portuguesa para os cargos de Nível Médio e Fundamental que não tenham conhecimento específico.

· Tenha mais idade.

9. DO RESULTADO FINAL E DA HOMOLOGAÇÃO

9.1. Decorridos os prazos para recursos, previstos no item 6 e no Cronograma de Execução - Anexo II, o Resultado Final do concurso será encaminhado pela FUNDAÇÃO JOÃO DO VALE à Prefeitura Municipal de Janduís - RN, para homologação e publicação no DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO

10. DO PRAZO DE VALIDADE

10.1. O prazo de validade será 02 (dois) anos, contados da data de publicação do Edital de Homologação do Resultado Final no DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO, podendo ser prorrogado por igual período.

11.DA NOMEAÇÃO

11.1. A nomeação do candidato classificado fica condicionada à comprovação dos requisitos, para investidura no cargo especificado no subitem 2.1 e será feita pela Prefeitura Municipal de Janduís - RN de acordo com o número de vagas previstas para cada cargo no subitem 1.1, obedecida a estrita ordem de classificação do candidato no concurso.

12. DA POSSE E EXERCÍCIO

12.1. A posse e o exercício dos candidatos nomeados será de acordo com o que determina a Lei Orgânica do Município.

13. DISPOSIÇÕES GERAIS E FINAIS

13.1. A falta de comprovação de qualquer requisito para investidura no cargo, prática de falsidade ideológica, procedimento indisciplinar ou descortês para com os membros da Comissão, coordenadores, auxiliares e autoridades presentes, durante a realização das provas, acarretará cancelamento da inscrição do candidato, sua eliminação do Concurso e anulação de todos os atos com respeito a ele praticados, ainda que já tenha sido publicado o Edital de homologação do resultado final do concurso, sem prejuízo das sanções penais aplicáveis à falsidade da declaração.

13.2. Não será fornecido ao candidato qualquer documento ou certidão comprobatória de classificação no Concurso, valendo para este fim, o Edital de Homologação publicado no DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO.

13.3. A inscrição do candidato implicará no conhecimento das presentes instruções e no compromisso tácito de aceitar as condições do Concurso, tais como se acham estabelecidas no presente Edital e seus Anexos.

13.4. A aprovação no Concurso assegurará, apenas, a expectativa de direito à nomeação no limite de vagas oferecidas para cada cargo no presente Edital, ficando a concretização deste ato condicionada à observância das disposições legais pertinentes, de exclusivo interesse e conveniência da Prefeitura Municipal de Janduís - RN, da rigorosa ordem de classificação e do prazo de validade do Concurso.

13.5. Qualquer alteração nas datas do Cronograma de Execução - Anexo II, será divulgado na FUNDAÇÃO JOÃO DO VALE, Prefeitura Municipal de Janduís - RN e DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO.

13.6. É de inteira responsabilidade do candidato acompanhar pelo DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO, a publicação dos Atos e Editais referentes a este Processo Seletivo, bem como informações relativas aos subitens 5.1, 5.2 e 13.5 que serão afixadas na Prefeitura Municipal de Janduís e no site www.fundacaojoaodovale.com.br

13.7. Será entregue ao candidato, no ato da inscrição, um exemplar deste Edital contendo os anexos I, II, III, IV e V.

14. Serão publicados no DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO, somente os resultados dos candidatos que lograram classificação no Concurso até o número de vagas determinado para cada cargo neste Edital.

15. Os casos omissos serão resolvidos, em primeira instância, pela Comissão do Concurso.

Janduís - RN, 17 de fevereiro de 2009.

Salomão Gurgel Pinheiro
Prefeito Municipal de Janduís - RN

ANEXO - I
COMPOSIÇÃO DA PROVA

CARGOS: MÉDICO CLÍNICO GERAL / ENFERMEIRO(A) / AUXILIAR DE CONSULTÓRIO DENTÁRIO - PSF / BIOQUÍMICO / AUXILIAR DE ENFERMAGEM / AUXILIAR DE ENFERMAGEM - PSF / FISIOTERAPEUTA / PSICÓLOGO / OPERADOR DE RAIO X / DIGITADOR / MOTORISTA / / ENGENHEIRO CIVIL / AGENTE DE ARRECADAÇÃO / TOPÓGRAFO / ELETRICISTA / AGRÔNOMO / VETERINÁRIO / TÉCNICO AGROPECUÁRIO / MOTORISTA / TRATORISTA / ASSISTENTE SOCIAL E CONTADOR

DISCIPLINA Nº QUESTÕES PESO PONTOS
PORTUGUÊS 10 1,0 10
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 30 3,0 90
TOTAL 40 - 100

CARGOS: AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS / COZINHEIRA / COPEIRA / MERENDEIRA / FISCAL DE OBRAS / GUARDA E SEPULTADOR

DISCIPLINA Nº QUESTÕES PESO PONTOS
PORTUGUÊS 20 3,0 60
MATEMÁTICA 20 2,0 40
TOTAL 40 - 100

CARGOS: AGENTE DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E ARQUIVISTA

DISCIPLINA Nº QUESTÕES PESO PONTOS
PORTUGUÊS 20 3,0 60
MATEMÁTICA 10 2,0 20
INFORMÁTICA 10 2,0 20

CARGOS: PROFESSOR - PM1 / PROFESSOR - PM2 / PSICOPEDAGOGO E SUPERVISOR PEDAGÓGICO

DISCIPLINA Nº QUESTÕES PESO PONTOS
PORTUGUÊS 10 2,0 20
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO) 20 3,0 60
CONHECIMENTOS GERAIS 10 2,0 20

FISCAL DE TRIBUTOS

DISCIPLINA Nº QUESTÕES PESO PONTOS
PORTUGUÊS 10 1,0 10
INFORMÁTICA 10 1,0 10
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 20 4,0 80
TOTAL 40 - 100

ANEXO - II

CRONOGRAMA

ETAPAS DATA LOCAL
Publicação do Edital 17.02.2009 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO
www.fundacaojoaodovale.com.br
Diário Oficial do Município
Jornal de Fato - Mossoró - RN
Inscrições 02 a 13.03.2009 PREFEITURA MUNICIPAL DE JANDUÍS
www.fundacaojoaodovale.com.br
Divulgação do local de aplicação das Provas Escritas Objetivas 30.03.2009 PREFEITURA MUNICIPAL DE JANDUÍS
Diário Oficial do Município
www.fundacaojoaodovale.com.br
Aplicação da Prova Escrita Objetiva 05.04.2009 A ser divulgado
Divulgação do Gabarito da Prova Escrita Objetiva 06.04.2009 www.fundacaojoaodovale.com.br
Prazo para Recurso do Gabarito 07 e 08.04.2009 Fundação João do Vale e Prefeitura Municipal de Janduís
Resultado após Julgamento de Recursos do Gabarito 20.04.2009 www.fundacaojoaodovale.com.br
DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO
Diário Oficial do Município
Prazo para Recursos do Resultado Final 22 e 23.04.2009 Fundação João do Vale e Prefeitura Municipal de Janduís
Resultado Final após Julgamento de Recursos 30.04.2009 www.fundacaojoaodovale.com.br e DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO
Homologação do Resultado Final 04.05.2009 www.fundacaojoaodovale.com.br
DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO
Diário Oficial do Município
Jornal de Fato - Mossoró - RN

ANEXO III

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

PORTUGUÊS COMUM PARA TODOS OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR

1. Texto-compreensão de texto. Conceitos. 2. Coesão - conceitos e mecanismos. 3. Coerência textual - informatividade, intertextualidade e inferências. 4. Tipos de texto e gêneros textuais. 5. Variação lingüística: linguagem formal e informal. 6. Linguagem Figurada. 7. Semântica. Sinônimos, antônimos, parônimos, homônimos, hiperônimos e hipônimos. 8. Morfossintaxe: classificação das palavras, emprego e flexão; estrutura e formação de palavras; o período-classificação; orações coordenadas e subordinadas, termos da oração. Vocativo e aposto. Sintaxe de regência, concordância e colocação. 9. Ocorrência de crase. 10. Ortografia oficial. 11. Acentuação gráfica.

PORTUGUÊS COMUM PARA TODOS OS CARGOS DO ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO

Interpretação de texto. Acentuação gráfica. Ortografia. Divisão silábica e respectiva classificação quanto ao número de sílabas. Uso de maiúscula e minúscula; consoantes e vogais; singular e plural; artigos. Aumentativo e diminutivo de palavras. Substantivo, adjetivo, verbo, pronomes e sinais de pontuação.

PORTUGUÊS COMUM PARA TODOS OS CARGOS DE ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO

Alfabeto; Acentuação Gráfica; Sinais de Pontuação; Classe de Palavra e suas Flexões; Ortografia; Interpretação de texto.

MATEMÁTICA COMUM PARA TODOS OS CARGOS DE ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO Números e Numeral; Adição; Subtração; Multiplicação; Dobro; Divisão.

MATEMÁTICA COMUM PARA TODOS OS CARGOS DE ENSINO MÉDIO (FISCAL DE OBRA / ARQUIVISTA /AGENTE DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS)

Números relativos, inteiros e fracionários, operações e suas propriedades (adição, subtração, multiplicação, divisão e potenciação). Múltiplos e divisores, Máximo Divisor Comum e Mínimo Múltiplo Comum, Frações Ordinárias e Decimais, Números Decimais, propriedades e operações. Expressões numéricas. Equação do 1º e do 2º graus. Problemas, Sistema de Medidas de Tempo, Sistema Métrico Decimal, Sistema Monetário Brasileiro. Problemas, Números e Grandezas Proporcionais, Razões e Proporções. Divisão em partes Proporcionais. Regra de Três Simples e Composta. Porcentagem Juros Simples, Capital, Tempo, Taxas e Montante.

INFORMÁTICA COMUM PARA OS CARGOS DE ARQUIVISTA, FISCAL DE TRIBUTOS E AGENTE DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS

CONHECIMENTO ESPECÍFICO:

Dispositivos de armazenamento. Diretórios e caminhos. Periféricos de um computador. Hardware. Software. Utilização de Sistema Operacional Windows 98/ME/XP/2000. Configurações básicas do Windows 98/ME/XP/2000. Aplicativos Básicos. Aplicativos do Pacote Microsoft Office (Word, Excel, Access, Power Point). Configuração de impressoras. Noções básicas de Internet e uso de navegadores. Noções básicas de correio eletrônico e envio de e-mails.

MÉDICO CLÍNICO GERAL

CONHECIMENTO ESPECÍFICO:

Abordagem da Família (a criança, o adolescente, o adulto, o idoso no contexto familiar). Promoção a Saúde. A Educação em Saúde na Prática da Estratégia de Saúde da Família (ESF). Sistema de Informação da Atenção Básica. Noções Básicas de Epidemiologia. Vigilância Epidemiológica. Epidemiologia das Doenças Transmissíveis. Abordagem Ambulatorial do Paciente com: Enfermidades do Aparelho Digestivo (alterações da cavidade oral, sintomas dispéticos, esofagites, gastrite, úlceras, câncer); Enfermidades do Aparelho Cardiovascular (cardiopatia isquêmica, Insuficiência cardíaca, Arteriosclerose, Hipertensão arterial, tramboflelites); Enfermidades do Aparelho Respiratório (Doenças do Trato Respiratórias Superior, Insuficiência Respiratória, Asma Brônquica, Doença Pulmonar Obstrutiva. Pneumonias, Câncer de Pulmão); Enfermidades dos Rins e Vias Biliares (Litíase Renal, GNDA, Infecção Urinária); Enfermidades do Sistema Nervoso Central (Acidente Vascular Cerebral, Meningites, Epilepsia, Vertigens, Cefaléia); Enfermidades Hematológicas (Anemias, Distúrbios da Hemostasia, Leucemia); Enfermidades Metabólicas e Endócrinos (Diabetes Melitus, Hipotireoidismo, Hipertireoidismo, Dislipidemias, Obesidade, Hipoavitaminose, Desnutrição); Doenças Infecciosas e Parasitárias, Doenças Sexualmente Transmissíveis; Enfermidades Reumáticas (Artrite Reumática, Febre Reumática); Enfermidades Ostroarticulares (Dores musculoesqueléticos, Afecção da Coluna Cervical, Lombalgia, Osteoporose); Enfermidades Dermatológicas (Micose da Pele, Dermatites, Eczema, Escabiose, Pediculose, Urticária); Enfermidades Psiquiátricas (Transtornos Ansiosos, Depressão). Atenção do Médico nos Programas de Saúde Pública: Tuberculose, Hanseníase, Atenção a Saúde da Criança e do Adolescente, Atenção a Saúde da Mulher, Atenção a Saúde do Adulto e do Idoso. Vacinação na Criança e no Adulto. Tabagismo, Alcoolismo, Dependência às Drogas. Saúde do Trabalhador. Saúde da Família na busca da Humanização e da Ética na Atenção a Saúde. Atenção do Médico da ESF nas Emergências: Cardiovasculares, Respiratórias, Ginecológicas, Obstétricas, Neurológicas, Metabólicas, Endocrinológicas e Gastroenterológicas, das Doenças Infecciosas, dos Estados Alérgicos, dos Politraumatizados.

ENFERMEIRO

CONHECIMENTO ESPECÍFICO:

Fundamentação teórica-prática do cuidar: Sistematização da Assistência de Enfermagem, Consulta de Enfermagem, Medidas de Biossegurança Princípios, métodos e técnicas de esterilização. Avaliação das condições de saúde individual e coletiva, Métodos e técnicas de Avaliação clínica, Sinais Vitais, Identificação de Sinais e Sintomas por disfunção de órgãos e sistemas, Exames Complementares. Procedimentos relacionados ao atendimento às necessidades de Higiene e conforto, Alimentação, Eliminações, O processo saúde-doença no cuidar da saúde individual e coletiva: Concepções teóricas sobre saúde-doença. Enfermagem em Saúde Pública. Promoção da Saúde, Prevenção de Doenças, Riscos e Agravos à Saúde e Reabilitação do cliente. Doenças como Problemas de Saúde Pública. Doenças Emergentes, Remergentes e Permanecentes. Políticas Nacionais de Saúde, Legislação do Sistema Único de Saúde (SUS), Historicidade, princípios, diretrizes e financiamento. Participação Popular e o Controle Social. Atenção Básica de Saúde. A Estratégia de Saúde da Família, Agentes Comunitários de Saúde. Sistema de Vigilância a Saúde: epidemiológica, ambiental e sanitária (ANVISA). Informação, Comunicação e Educação. Programas de Saúde. Atuação do Enfermeiro (a) nos Programas de Assistência à Saúde da Mulher. Planejamento Familiar. Saúde da Criança e do Adolescente, Saúde do Trabalhador, Saúde do Adulto e do Idoso, DST e AIDS, Tuberculose, Hanseníase. Hiperdia (Hipertensão e Diabetes), Programa Nacional de Imunização. Saúde Mental e o CAPS. Educação em Saúde. Educação Popular em Saúde. Ambiente sustentável e Qualidade de vida. Implementação e Avaliação da Assistência de Enfermagem a clientes e grupos humanos no ambiente domiciliar e ambulatorial. Programa de Humanização da Assistência ao cliente. Processo de Trabalho em Saúde. Planejamento, organização e Gerência de Serviços de Saúde. Regulação, Controle e avaliação do Serviço de Saúde e de Enfermagem; Supervisão e Avaliação da Qualidade da Assistência e do Serviço de Enfermagem. Administração de recursos materiais; Relações Interpessoais no Trabalho. Educação Permanente em Saúde e a Enfermagem. Aspectos históricos, éticos e legais do exercício profissional: Princípios éticos e legais da prática profissional. Código de deontologia e o processo ético de transgressões e Penalidades. Competências do Enfermeiro segundo a Lei de Exercício Profissional. Entidades de Classe.

AUXILIAR DE ENFERMAGEM / AUXILIAR DE ENFERMAGEM - PSF

CONHECIMENTO ESPECIFICO - Fundamentos de Enfermagem. Conhecimentos de Anatomia, fisiologia e farmacologia. Cuidados integrais de Enfermagem a mulher: no pré-natal, no parto e no puerpério, a portadoras de patologias ginecológicas e no climatério. Cuidados integrais de enfermagem ao recém nascido, à criança e ao adolescente normal e patológico acompanhamento neuro psicomotor e pondero-estrutural. Cuidados integrais de enfermagem ao paciente no pré-intra e pós operatório. Cuidados integrais de enfermagem ao idoso: cuidados na admissão, na internação e orientação pós alta. Cuidados integrais de enfermagem ao paciente psiquiátrico. Cuidados integrais de enfermagem ao paciente portador de doenças crônicas, degenerativas, transmissíveis e saúde do trabalhador. Cuidados integrais ao indivíduo em situações de urgência e emergência. Cuidados integrais de Enfermagem ao paciente grave. Desinfecção e esterilização: conceitos, procedimentos, materiais e soluções utilizados, tipos de esterilização e indicações. Enfermagem em saúde pública: doenças sexualmente transmissíveis, doenças transmissíveis, medidas preventivas, imunização. Biosegurança: conhecimento e aplicação. código de deontologia de enfermagem. Lei do exercício profissional de enfermagem. Sistematização da assistência de enfermagem; Promoção a Saúde. A Educação em Saúde na Prática da Estratégia de Saúde da Família (ESF). Sistema de Informação da Atenção Básica.

FISIOTERAPEUTA

CONHECIMENTO ESPECIFICO: Anatomia humana; Sistema esquelético, muscular, nervoso, circulatório e respiratório. Fisioterapia humana, neurofisiologia, fisiologia do exercício, fisiologia circulatória e respiratória. Biofísica: respostas fisiológicas do organismo aos seguintes agentes físicos: calor, água, luz, eletricidade, vibrações mecânicas. Cinesiologia: princípios básicos de biomecânica, análise dos movimentos articulares. Fundamentos de traumatologia, ortopedia, reumatologia, neurologia, cardiologia, pneumologia e psicologia. Avaliação funcional: teste da função articular e muscular e espiometria, eletrodiagnóstico, cinesioterapia, mecanoterapia, eletroterapia, termoterapia, fitoterapia, hidroterapia. Fisioterapia traumatológica, ortopédica, reumatológica, neurológica, cardíaca, respiratória, obstetrícia, pediátrica, vascular no paciente queimado, pré e pós-operatório em cirurgia geral; Promoção a Saúde. A Educação em Saúde na Prática da Estratégia de Saúde da Família (ESF). Sistema de Informação da Atenção Básica.

PSICÓLOGO

CONHECIMENTO ESPECIFICO: Atividades e papel do psicólogo clínico na instituição hospitalar; As diferentes unidades do hospital: suas características e possibilidades de intervenção do psicólogo; Relação da patologia orgânica e aspectos emocionais (psicossomática); A equipe multiprofissional na assistência do paciente hospitalizado; Intervenções individuais e grupais: vantagens e desvantagens no âmbito hospitalar; As repercussões da morte no dia-a-dia no hospital; Uso da técnica de terapia focal e/ou breve em hospital geral; Reações emocionais frente ao adoecer (diagnóstico e defesas); Questões da prevenção primária, secundária e terciária; Promoção a Saúde. A Educação em Saúde na Prática da Estratégia de Saúde da Família (ESF). Sistema de Informação da Atenção Básica.

OPERADOR DE RAIOS X

CONHECIMENTO ESPECIFICO: Noções básicas sobre as radiações: Riscos das radiações na Radiologia Diagnóstica; Meios de Proteção; Aparelhos de Raios X; Grades, Cones, Colimadores, Ecrans Intensificadores; Câmara Escura; Revelação manual e automática; Componente da câmara escura; Filmes; Revelador, fixador e componentes.Fatores Radiológicos: Incidências; Identificação das radiografias; Incidências de rotinas e incidências especiais. Técnica radiológica: Membro superior; Mão - ossos do carpo - quirodáctilos; Mão - corpo estranho; Idade óssea - Punho; Cotovelo - antebraço; braço; ombro; - escápula; Articulação acrômio clavicular; Clavícula; Articulação externo clavicular. Membro inferior. Pé, antepé; retro-pé; Pododáctilos; Calcâneo; Pés planos; Articulação tíbio társica (ruturas ligamentares) ; Perna; Joelho; Patéla; Fêmur, Colo do fêmur; Articulação coxo femural; Bacia; Púbis; Articulação sacro ilíaca; Escanograma. Coluna vertebral; Coluna Cervical; Coluna Torácica; Coluna Lombo-sacra; Cóccix; Coluna para escoliose. Crânio: Radiografias Panorâmicas; Radiografias do Crânio no politraumatizado; Sela túrcica; Buraco óptico; Mastóides; Seios da face. Radiografias simples do abdômen e do tórax. Exames contrastados. Noções de hemodinâmica. Noção infecção hospitalar. Gerenciamento de resíduos de serviços de saúde.

DIGITADOR

CONHECIMENTO ESPECÍFICO:

Dispositivos de armazenamento. Diretórios e caminhos. Periféricos de um computador. Hardware. Software. Utilização de Sistema Operacional Windows 98/ME/XP/2000. Configurações básicas do Windows 98/ME/XP/2000. Aplicativos Básicos. Aplicativos do Pacote Microsoft Office (Word, Excel, Access, Power Point). Configuração de impressoras. Noções básicas de Internet e uso de navegadores. Noções básicas de correio eletrônico e envio de e-mails.

MOTORISTA “D”/ TRATORISTA

CONHECIMENTO ESPECIFICO:

1. Relações Públicas e Humanas: Opinião Pública; As Relações Humanas, os indivíduos e o grupo.

2. Legislação do Trânsito: Administração de Trânsito; Sistemática de Habilitação; Pontuação do CTB (Código de Trânsito Brasileiro); Multas do CTB (Código de Trânsito Brasileiro); Penalidades do CTB (Código de Trânsito Brasileiro)

3. Noções de Engenharia de Trânsito: Característica do Trânsito; Classificação das Vias Públicas; Sinalização de Trânsito.

4. Direção Defensiva (preventiva)

5. Noções de Primeiros Socorros.

6. Noções de Meio Ambiente e Cidadania (Crimes Ambientais no Trânsito)

7. Regras de Circulação: Comportamento no Trânsito; Condutor e Via Travessias: O condutor, O pedestre e A via.

8. Princípios da Mecânica a diesel; Noções Básicas de Motor; Teoria de Funcionamento; Embreagem/câmbio/diferencial; Freio: manutenção e diagnóstico de falhas.

AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS / COZINHEIRA / COPEIRA / MERENDEIRA / GUARDA / SEPULTADOR

PORTUGUÊS

Alfabeto; Vogais; Consoantes; Separação de Sílabas; Letras maiúsculas e minúsculas/ completar e ordenar frases / Substantivo (gênero, número e grau) e interpretação de texto.

MATEMÁTICA

Números e Numeral; Adição; Subtração; Multiplicação; Dobro; Divisão.

BIOQUÍMICO

CONHECIMENTO ESPECÍFICO:

Legislação farmacêutica, ética profissional, gestão da farmácia hospitalar, sistema de distribuição de medicamentos: coletivo, individualizado e dose unitária. farmacotécnica de produtos não estéreis: análise de formulações; manipulação de fórmulas magistrais e oficinas; estabilidade de formulações extemporâneas; unitarização de medicamentos sólidos e líquidos; controle de qualidade. farmacotécnica de produtos estéreis: reconstituição, diluição e estabilidade de medicamentos ingetáveis; unitarização e fracionamento para dispensação por dose unitária; preparo de soluções para nutrição parenteral e outras formulações de grande volume; controle microbiológico, controle de qualidade; manipulação de quimioterápicos antineoplasicos; validação de processos. cálculos em farmácia, gestão de estoque: aquisição, armazenamento e controle de produtos farmacêuticos; sistema informatizados de controle de estoque; farmacodinâmica: vias de administração de medicamentos; mecanismos de ação dos fármacos; interação medicamentosa; fatores que interferem na ação dos fármacos; efeitos colaterais e reações adversas; alergia, tolerância e intoxicação; utilização de medicamentos em populações especiais: neonatos, crianças, gestantes, idosos; utilização de medicamentos em condições especiais: insuficiência renal, hepática, cardio vascular e respiratória. Farmacocinética: conceitos gerais; parâmetros farmacocinéticos; metabolismo de medicamentos; margem terapêutica; posologia; fatores que alteram a farmacocinética; monitorização de fármacos na prática clínica; metodologia de monitorização. farmácia clínica e atenção farmacêutica: conceitos; uso racional de medicamentos; controle e seguimento de paciente; problemas relacionados ao medicamento; monitorização da farmacoterapia; farmacoepidemiologia: farmacovigilância e estudos de utilização de medicamentos. farmacoeconomia: conceitos gerais; análise custos-benefício, custo-utilidade e custo-minimização. Seleção de medicamentos: conceitos; padronização de medicamentos; comissão de farmácia e terapêutica; guia farmacoterapêutico. pesquisa clínica. controle de infecções hospitalares e a farmácia hospitalar. erros de medicação. Suporte nutricional. Resíduos hospitalares.

PROFESSOR PM1 - PROFESSOR PM2 / SUPERVISOR PEDAGÓGICO

PORTUGUÊS

LEITURA E ANÁLISE DO TEXTO: compreensão do texto, significado contextual das palavras e expressões. Sinonímia, antonímia, homonímia e paronímia. Coesão, clareza e concisão. Vocabulário. 2) FONÉTICA E FONOLOGIA: letra/fonema. Classificação dos fonemas. Encontros vocálicos e consonantais. Dígrafo. Divisão silábica, acentuação gráfica e ortografia. 3) MORFOLOGIA: classes gramaticais: classificação e flexões. Estrutura e formação de palavras. 4) SINTAXE: introdução à sintaxe (frase, oração e período). Termos da oração. Período simples e composto. Pontuação. Concordância Verbal e Nominal. Regência Verbal e Nominal. Colocação Pronominal e crase. 5) PROBLEMAS GERAIS DA LÍNGUA CULTA: uso do porquê, que/quê, onde/aonde, mal/mau, senão/se não, ao encontro de/de encontro a, afim/a fim, demais/de mais, a/há, acerca de/há cerca de, ao invés de/em vez de, à-toa/à toa, dia-a-dia/dia a dia, tampouco/tão pouco, mas/mais, a par/ao par, cessão/sessão/secção/secção e uso do hífen.

FUNDAMENTOS TEÓRICOS - METODOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO - COMUM A TODOS OS CARGOS DE PROFESSOR O Movimento Histórico da Renovação Pedagógica no Brasil (Tendências Pedagógicas); Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - N° 9394/96: Princípios e fins da Educação Nacional; Níveis e Modalidades de Educação e Ensino. Parâmetros Curriculares em Ação, Educação Infantil, Ensino Fundamental Regular, Ensino Fundamental de Educação de Jovens e Adultos (Constituição Federal/88).

PSICOPEDAGOGO:

Parâmetros Curriculares Nacionais: Breve Histórico; Princípios e Fundamentos. A Proposta, Curricular face ao Ensino Fundamental levando-se em consideração: habilidades, conteúdos, a Organização da Escolaridade e a Organização do Conhecimento escolar. Áreas e temas Transversais: Objetivos, Conteúdos e Avaliação, Autonomia e Diversidade, Interação e Cooperação. Fonoaudiologia e Pedagogia, Fundamentos da Psicopedagogia; Neuroliguistica; Psicologia da Aprendizagem; Psicomotricidade versus Psicopedagogia, Avaliação Educacional, Teoria da Aprendizagem; Distúrbios da Aprendizagem

AGENTE DE ARRECADAÇÃO - FISCAL DE TRIBUTOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Ação Fiscal; Tributos Municipais; Dívida Fiscal; Normas Gerais de Direito Tributário; Crimes Contra Ordem Tributária; Processo Administrativo Fiscal.

ENGENHEIRO CIVIL

CONHECIMENTO ESPECIFICO:Planejamento, controle orçamento de obras. Execução de obras civis.Topografia e terraplanagem; locação de obras; sondagens; instalações provisórias. Canteiro de obras; proteção e segurança depósito e armazenamento de materiais, equipamentos e ferramentas. Fundações. Escoramentos. Estrutura de concreto; formas; armação; Argamassas; Instalações prediais. Alvenarias. Revestimentos. Esquadrias. Coberturas. Pisos. Impermeabilização Isolamento térmico. Materiais de construção civil. Aglomerantes - gesso, cal, cimento portland. Agregados; Argamassa; Concreto: dosagem; tecnologia do concreto. Aço Madeira Materiais cerâmicos vidros, Tintas e vernizes. Recebimento e armazenamento de materiais. Mecânica dos solos. Origem, formação e propriedades dos solos. Índices físicos. Pressões nos solos. Prospecção geotécnica. Permeabilidade dos solos; percolação nos solos. Compactação dos solos; compressibilidade dos solos; adensamento nos solos; estimativa de recalques. Resistência ao cisalhamento dos solos. Empuxos de terra; estrutura de arrimo; estabilidade de taludes; estabilidade das fundações superficiais e estabilidade das fundações profundas. Resistência dos materiais. Deformações. Teoria da elasticidade. Analise de tensões. Flexão simples; flexão composta; torção; cisalhamento e flambagem. Analise estrutural. Esforço normal, esforço constante, torção e momento fletor. Estudos das estruturas isostáticas (vigas simples, vigas, gerber, quadros, arcos e treliças); deformação e deslocamentos em estrutura isostática; linhas de influência em estrutura isostáticas; esforço sob ação de carregamento, variação de temperatura e movimento nos apoios. Estruturas hiperestáticas; métodos dos esforços; métodos dos descolamentos; processo de Cross e linhas de influência em estruturas hiperestáticas. Dimensionamento do concreto armado. Estados limites; aderência; ancoragem e emendas em barras de armação. Dimensionamento de seções retangulares sob flexão. Dimensionamento de seções T. Cisalhamento. Dimensionamento de peças de concreto armado submetidas à torção. Dimensionamento de pilares. Detalhamento de armação em concreto armado. Norma NBR 6118 (2003) - Projeto de estrutura de concreto - procedimentos. Instalações prediais. Instalações elétricas. Instalações de esgoto. Instalações de telefone e instalações especiais (proteção e vigilância, gás, ar comprimido, vácuo e água quente). Estradas e pavimentos urbanos. Saneamento básico: tratamento de água e esgoto. Noções de barragens e açudes. Hidráulica aplicada e hidrologia. Saúde e segurança ocupacional em canteiro de obras; norma NR 18 Condições e Meio Ambiente de trabalho na indústria da construção (118.0002). 14. Responsabilidade civil e criminal em obras de engenharia e conhecimentos legais sobre enquadramento dos responsáveis referentes aos Art. n° 121 e 132 do Código Penal. Patologia das obras de engenharia civil. Engenharia de avaliação: legislação e normas, laudos de avaliação. Licitações e contratos da Administração Publicam (lei n° 8.666/93). Qualidade. Qualidade de o bras e certificação de empresas; Aproveitamento de resíduos e sustentabilidade na construção; Inovação tecnológica e Racionalização da construção; Portaria nº.134: programa Brasileiro da qualidade e produtividade na construção habitacional - PBQP-H, Ministério do Planejamento e Orçamento, 18 de dezembro de 1998.

CARGO: ELETRICISTA

CONHECIMENTO ESPECIFICO: Conhecimentos das ferramentas, equipamentos e utensílios empregados em eletricidade; Conhecimentos das normas de segurança; Conhecimento do material empregado; Qualidade do material; Isolantes; Cargas; Fases; Circuito; Prática da função; Regulagens com voltímetro, amperímetro, extratores, adaptadores; Serviços de Solda; Refletores; Antenas; Semáforos; Ligações elétricas provisórias e definitivas.

VETERINÁRIO

CONHECIMENTO ESPECIFICO:

Exame clínico - resenha, anamnese, métodos semiológicos (gerais) de exploração (fermometria, inspeção, percussão, auscultação e palpação) nos animais domésticos. Exames auxiliares (complementares) de diagnóstico das enfermidades nos animais domésticos - radiogafia, punção exploratória, endoscopia e ultrassonografia (fundamentos e interpretação de resultados). Hematologia, urinálise, coprologia e raspado de pele dos animais domésticos (fundamentos, coleta, conservação, processamento de material e interpretação de resultados). Técnicas de necropsia e alteração macroscópica nas espécies domésticas. Coleta, acondicionamento, remessa e processamento de materiais para diagnóstico histopatológico e das enfermidades dos animais. Doenças isoladas nos sistemas e aparelhos ou gerais dos animais domésticos causadas por vírus, bactérias, protozoários, fungos, helmintos e artrópodes, também as carenciais e metabólicas (conceito, etiologia, sinais e sintomas clínicos, fisiopatologia, exames de laboratórios e complementares de diagnóstico, prognóstico, protocolo de tratamento e lesões anatomapaltológicas). Intoxicações (compostos orgânicos e inorgânicos), plantas tóxicas e acidentes com animais peçonhentos em animais domésticos (identificação da planta, das drogas e dos animais peçonhentos, sinais e sintomas e sinais e sintomas clínicos, fisiopatologia, diagnóstico clínico e laboratorial, prognóstico, protocolo de tratamento e lesões anatomopatológicas). Conceitos básicos em epidemiologia; processo saúde/doença; indicadores de saúde pública; curva e índice endêmico; séries cronológicas, epidemiologia analítica, estimativa de população; ecossistemas, protocolos de tratamento, métodos de controle e erradicação de doenças transmissíveis dos animais domésticos e das zoonoses; perícia e laudos periciais. Instalações e equipamentos relacionados com o abate das espécieis de animais para açougue; inspeção anti e pos-mortem de animais abatidos; principais enfermidades observadas nas carnes dos animais e seus destinos e que podem ser transmitidas ao homem; análises microbiológicas e físico-químicas de carnes e derivados; tecnologia de fabricação e inspeção de produtos e sub-produtos derivados de carne e ovos; cortes comerciais e métodos de conservação de carnes. Obtenção higiênica do leite; leite normal (conceito, valor alimentício, composição e classificação); leites anormais; doenças vinculadas pela ingestão de leite e derivados; estabelecimentos de leite e derivados, tecnologia de obtenção, beneficiamento e conservação do leite de consumo e seus derivados; higienização, produção de frio e vapor na industria de lacticínios; análises microbiológicas e físico-químicas do leite e derivados e análise de perigos e controle de pontos críticos de laticínios.

ATENDENTE DE CONSULTÓRIO DENTÁRIO

CONHECIMENTO ESPECIFICO:

Recepção do Paciente. Preparo e Manutenção das Salas de Atendimento. Isolamento do Campo Operatório. Manipulação e Classificação de Materiais Odontológicos. Revelação e Montagem de Radiografias Intra-Orais. Preparo de Paciente para o Atendimento. Auxílio no Atendimento. Aplicação de Métodos Preventivos para o Controle de Cárie Dental e Doenças Periodontais; Promoção a Saúde. A Educação em Saúde na Prática da Estratégia de Saúde da Família (ESF). Sistema de Informação da Atenção Básica.

AGRÔNOMO

CONHECIMENTO ESPECIFICO:

Conhecimentos de Agroecologia: Conceitos e princípios de agroecologia. O conceito de agroecossistema: estrutura e funcionamento. Fatores associados aos sistemas vegetais e animais em suas relações com o meio ambiente. Manejo ecológico dos solos. Princípios básicos de ecologia da população vegetal. Fluxos de energia e nutrientes na agricultura. Interações, diversidade e estabilidade em agroecossistemas. A transição da agricultura convencional à agricultura ecológica.

Defesa Sanitária Vegetal: Sintomatologia e diagnose. Ciclo das Relações patógeno/hospedeiro. Controle e Manejo de Doenças. Grupo de doenças: Damping-off; Podridões de raiz e colo; Manchas foliares; Míldios e Oídios; Ferrugens; Galhas fúngicas e bacterianas; Viroses; Principais pragas de plantas cultivadas na região de São Carlos; Métodos de controle de pragas; Manejo Integrado de Pragas (MIP); Pragas de produtos agrícolas armazenados. Produtos fitossanitários: utilização, toxicologia e legislação específica.

Agrotóxicos: Conceito e características dos produtos. Classificação toxicológica. Procedimentos e cuidados no registro, produção, embalagem, rotulagem, comercialização e armazenamento. Avaliação da periculosidade ambiental. Impacto do uso de agrotóxicos no ambiente. Controle Biológico: Principais agentes - grupos e características. Métodos de controle biológico. Planejamento e implantação de programas de controle biológico. Controle de qualidade de agentes de controle biológico. Importação, exportação e regulamentação de agentes de controle biológico. Irrigação e Drenagem: Avaliação da necessidade de irrigação. Tipos de sistemas de irrigação. Critérios de seleção. Eficiência dos diferentes métodos de irrigação. Manejo da irrigação. Cálculo das principais variáveis em projetos de irrigação por aspersão, sulcos e inundação. Avaliação da necessidade de drenagem. Tipos de sistemas de drenagem. Critérios para dimensionamento de sistemas de drenagem agrícola. Drenagem de baixo custo (métodos alternativos). Cálculo das principais variáveis em projetos de drenagem superficial e subsuperficial.

Olericultura: Manejo da irrigação de hortaliças. Nutrição mineral de hortaliças. Manejo de plantas daninhas em hortaliças.

Mecanização Agrícola: Tratores agrícolas. Máquinas e equipamentos de tração animal e tratorizada: caracterização; regulagens, capacidade operacional e manutenção. Seleção e planejamento de uso de sistemas mecanizados.

Criações: Espécie e indivíduo. Aptidão, função e produto. Grupos raciais. Índices zootécnicos. Sistemas de produção e seu impacto ao meio ambiente. Introdução de espécies exóticas. Nichos ecológicos. Aspectos econômicos da criação de animais. Manejo das espécies domésticas nas diversas fases de criação: Manejo de peixes. Manejo de aves. Manejo de suínos. Manejo de bovinos de corte. Manejo de bovinos de leite. Manejo de ovinos e caprinos.

Instalações, equipamentos e ambiência: Máquinas envolvidas na produção animal. Dimensionamento de instalações para animais. Localização, instalações e equipamentos para a produção animal. Higiene das instalações. Manejo de dejetos. Bem estar animal.

TÉCNICO AGROPECUÁRIO

CONHECIMENTO ESPECIFICO:

Conhecimentos básicos sobre a estrutura da agropecuária local, regional e estadual; técnicas e legislação inerentes à preservação e à recuperação do meio ambiente; noções sobre técnicas de cultivo e armazenamento da produção agropecuária; noções básicas de veterinária; cálculos estatísticos sobre estimativas, perdas e outros eventos inerentes às atividades agropecuárias; legislação acerca de agrotóxicos; noções sobre a produção orgânica; noções sobre pastagem e alimentação animal; noções sobre a produção e utilização de dejetos de animais; didática aplicada à profissão; conhecimentos básicos inerentes à área de atuação.

CONTADOR

CONHECIMENTO ESPECÍFICO:

Princípios Fundamentais de Contabilidade (aprovados pelo Conselho Federal de Contabilidade, Resolução CFC nº. 750/93). Patrimônio: Componentes Patrimoniais - Ativo, Passivo e Situação Líquida (ou Patrimônio Líquido). Equação fundamental do patrimônio. Fatos contábeis e respectivas variações patrimoniais. Conta: conceito. Débito, crédito e saldo. Teorias, função e estrutura das contas. Contas patrimoniais e de resultado. Apuração de resultados. Sistema de Contas e plano de contas. Provisões em geral. Escrituração. Lançamento contábil: rotina e fórmulas. Processo de escrituração. Escrituração de operações financeiras. Livros de escrituração: obrigatoriedade, funções e formas de escrituração. Erros de escrituração e suas correções. Balancete de Verificação. Balanço Patrimonial: obrigatoriedade e apresentação. Conteúdo dos grupos e subgrupos. Classificação das contas. Critérios de avaliação do ativo e do passivo. Levantamento do Balanço de acordo com a Lei nº. 6.404/76 (Lei das Sociedades por Ações, alterada pela Lei nº. 10.303, de 31/10/2001). Análise das Demonstrações Contábeis e Financeiras. CONTABILIDADE PÚBLICA: Conceito, objeto, campo de atuação e regimes contábeis. Receita e Despesa Pública: conceito, classificação econômica e estágios. Sistemas de contas. Receitas e Despesas Orçamentárias e Extra- Orçamentárias: interferências e mutações. Bens públicos: conceito e classificação. Orçamento: Conceito e elaboração. Aspectos Gerais: princípios, planos plurianual, lei das diretrizes orçamentárias e leis orçamentárias, anuais. Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal - SIAFI: conceito, objetivos, campo de aplicação, modalidade de uso, formas de acesso, principais documentos. AUDITORIA: Noções básicas de auditoria interna e auditoria independente, natureza e campo de atuação, normas para o exercício de auditoria interna expedidas pelo Instituto dos Auditores Internos do Brasil; relatório de auditoria, tipos de parecer, técnicas de auditoria. FINANÇAS PÚBLICAS: Lei de Responsabilidade Fiscal: noções básicas e objetivos. TRIBUTOS: Conhecimentos básicos: ICMS, IRRF, PIS/PASEP, COFINS, IRPJ, CSLL, ISS, INSS e Taxas. Retenção na fonte de Tributos Federais, INSS e ISS. LEGISLAÇÃO: Lei 6.404/76. Lei 4.320/64. Lei 9.478/97. Lei 8.666/93 e suas alterações. Decreto 2.745/98. Lei Complementar 101/00. Resolução 750/93 (Princípios Fundamentais de Contabilidade) e Resolução 780/95 (Auditoria Interna) do Conselho Federal de Contabilidade. Artigos 30 a 34 da Lei 10833/2003. Art. 647 do Decreto 3000/1999. IN SRF 480/2004. IN SRF 539/2005. IN SRP 3/2005. LC 116/2003

CARGO: TOPÓGRAFO

CONHECIMENTO ESPECIFICO:

1-Interpretação de projetos e desenhos, 2-Elaboração de desenhos, 3-Levantamentos planialtimétricos,4-Cálculos de áreas e volumes através de métodos fotográficos e aritméticos,5-Calculo de coordenadas,6-Erros de medidas,7-Planos de projeção,8- Escalas,9-Convenções topográficas,10-Planimetria,11-Altimetria,12-Topologia,13-Taqueometria,14-Fotogrametria terrestre,15- Técnica de edificações, cartografia e estrada,16- Aplicativos gráficos (AUTO CAD),17-Conceitos Fundamentais.

ASSISTENTE SOCIAL

CONHECIMENTO ESPECIFICO:

Teoria do Serviço Social: pressupostos e fundamentos, relação sujeito-objeto; objetivos. A práxis profissional; relação teoria- prática; a questão de mediação. Vertentes de pensamento (materialismo histórico, positivismo, fenomenologia). Metodologia em Serviço Social: Alternativas metodológicas. Instrumentação; o atendimento individual e o atendimento multriprofissional na área; movimentos emergenciais; a questão das técnicas, o cotidiano como categoria de investigação. Documentação. Política Social e Planejamento: A questão Social e a conjuntura brasileira, Instituição e Estado. A Questão Social: exclusão, desigualdade e violência doméstica. Pesquisa Social. Interdisciplinariedade. Trabalho coletivo com grupos, famílias e redes sociais. A prestação de serviços e a Assistência Pública. Projetos e programas em Serviço Social. LOAS - Lei Orgânica da Assistência Social. Código de Ética Profissional. Sistema Único de Saúde. Estatuto da Criança e do Adolescente.

ANEXO IV

FORMULÁRIO DE RECURSOS

PARA:

CONCURSO PÚBLICO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE JANDUÍS-RN

(*) No DE PROTOCOLO: ___________________

No DE INSCRIÇÃO: _______________________

CARGO: _________________________________

TIPO DE RECURSO - (Assinale o tipo de Recurso)
( ) CONTRA INDEFERIMENTO DE INSCRIÇÃO

( ) CONTRA GABARITO DA PROVA OBJETIVA

( ) CONTRA O RESULTADO

Ref. Prova objetiva

Nº da questão: _______________

Gabarito oficial: ______________

Resposta Candidato: __________

Justificativa do candidato - Razões do Recurso
_________________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________________

Obs. (*) 1. Recurso não identificado com nome do candidato, mas por no de protocolo - Este no deve ser aposto pelo responsável pelo recebimento do recurso - registrar um n° seqüencial e informar ao candidato para acompanhamento.

2. Reproduzir a quantidade necessária. Preencher em letra de forma ou digitar e entregar este formulário em 02 (duas) vias, uma via será devolvida como protocolo.

Data: ___/___/______

Assinatura do Candidato

Assinatura do Responsável p/ Recebimento

ANEXO V

REQUERIMENTO DE NECESSIDADES ESPECIAIS

Concurso Público: ________________________________ Município/Órgão: ____________________________

Nome do candidato: _________________________________________________________________________

Nº da inscrição: ____________________________ Cargo: __________________________________________

Vem REQUERER vaga especial como PORTADOR DE NECESSIDADES ESPECIAIS, apresentou LAUDO MÉDICO com CID (colocar os dados abaixo, com base no laudo):

Tipo de deficiência de que é portador: ____________________________________________________________

Código correspondente da Classificação Internacional de Doença - CID __________________________________

Nome do Médico Responsável pelo laudo: ________________________________________________________

(OBS: Não serão considerados como deficiência os distúrbios de acuidade visual passíveis de correção simples do tipo miopia, astigmatismo, estrabismo e congêneres)

Dados especiais para aplicação das PROVAS: (marcar com X no local caso necessite de Prova Especial ou não, em caso positivo, discriminar o tipo de prova necessário )

( ) NÃO NECESSITA DE PROVA ESPECIAL e/ou TRATAMENTO ESPECIAL

( ) NECESSITA DE PROVA ESPECIAL (Discriminar abaixo qual o tipo de prova necessário)
_________________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________________

É obrigatória a apresentação de LAUDO MÉDICO com CID, junto a esse requerimento.

________________________, _____ de ___________________ de _____

Assinatura __________________________

Se tiver dúvidas deixe um comentário! Veja Também...

Poste um comentario