Protesto em Brasilia Por Aprovados no Concurso 2006 do Banco Do Brasil

4,998

Os Candidatos que passaram no concurso do Banco do Brasil, de 2006, estão protestando nesta terça-feira em frente à sede do banco, em Brasília. Desde a última sexta, um grupo de aprovados está dormindo no local, em sete barracas oferecidas pelo Sindicato dos Bancários. Eles protestam contra a decisão do BB de abrir novo concurso em março sem chamar os aprovados no certame realizado há dois anos, cuja validade expira ainda em junho.

Hoje vários candidatos entraram em contato com os diretores do banco por meio de carta. Todos eles prometem que só vão deixar o local após receberem uma resposta sobre a situação dos aprovados no concurso. A manifestação dos candidatos não tem hora para terminar. Caso não recebam nenhum posicionamento positivo do banco, os manifestantes podem permanecer na sede até o dia 9 do próximo mês- data final de vencimento do processo seletivo.




Os aprovados
Trabalhando há muito tempo em uma empresa, Priscila Raquel, 29 anos, por exemplo, decidiu que queria trabalhar em algum banco. Após passar no concurso do BB, com expectativas de ser nomeada, largou o emprego. “Não tenho mais cabeça para estudar, é ridículo e humilhante passar por isso”, diz. “Estamos precisando de uma lei decente, sem essas irregularidades”, desabafa.

A decepção de não ser nomeada e não ter uma posição do banco não é apenas dos aprovados. Maria José de Souza, 41 anos, garante que a família sofre junto. “É muito estresse e isso provoca até problemas de saúde”, conta. Ela também é uma das aprovadas que não está trabalhando e aguarda uma resposta favorável ainda hoje. Maria José afirma também que não quer que o concurso deste ano seja cancelado. “Quero o direito de todos os aprovados trabalhando”, justifica.

Por volta de meio dia, os aprovados usaram o microfone para chamar a atenção dos diretores do banco, dizendo que o BB tinha que gostar de saber que eles estavam lutando para trabalhar, no ano em que o Banco do Brasil faz 200 anos. Para o presidente do Sindicato, Rodrigo Brito, o banco não tem demonstrado interesse em resolver o caso. “Agora é aguardar com expectativa a resposta por parte do conselho diretor”, diz.

Entenda o caso
A polêmica do concurso do Banco do Brasil começou em março deste ano, quando candidatos aprovados no último processo seletivo entraram em contato com o deputado distrital Chico Leite. Eles pediram que um providência fosse tomada em relação à abertura da nova seleção. O parlamentar entrou com representação junto ao Ministério Público para pedir apuração do caso.

De acordo com o deputado, lançar novo concurso é uma injustiça com os candidatos, além de ser um gasto desnecessário para a estatal. Já o Banco do Brasil afirmou que o certame foi para formação de cadastro reserva e que a estatal não é obrigada a contratar os aprovados.

Se tiver dúvidas deixe um comentário! Veja Também...

  1. 5 respostas to “Protesto em Brasilia Por Aprovados no Concurso 2006 do Banco Do Brasil”

  2. Por Emerson Em Jun 14, 2008 | Responder

    gostaria de asber como esta asituação dos aprovados da caixa de 2006.

  3. Por Harlei Cursino Vieira Em Jun 17, 2008 | Responder

    A situação não está nada boa!

  4. Por gilberto Em Jun 21, 2008 | Responder

    NADA JUSTIFICA A NÃO PRORROGAÇAÕ DO CONCURSO DO BB 2006, O BANCO ERROU E ERROU FEIO,IMORAL A SUA DESCULPA . E AINDA FEZ UMA BURRADA EM CIMA DE OUTRA FAZENDO UM NOVO CONCURSO, A QUEM INTERESSA TUDO ISSO?

  5. Por alexandre Em Ago 13, 2008 | Responder

    Pode ter certeza que o que eles querem é ganhar dinheiro dos brasileiros que sonham com um trabalho estavel. Eu fiz o concurso desse ano e cheguei a passar, mas a expectativa de ser chamado diminui cada vez mais, o banco não tem interesse de contratar e sim ganhar dinheiro, estão fazendo de nós negócio.

  6. Por Nicia Em Out 9, 2008 | Responder

    Meu filho passou no concurso do BB de 2006. Esse concurso foi tão díficil quanto um vestibular, segundo alguns bancarios do BB amigos meus.Sou mulher e crio meus filhos sózinha.toda família sacrificou-se para ele estudar visando um futuro melhor.
    Se eu fosse deputada ou vereadora meu filho estava dentro.Injustiça,injustiça e injustiça.
    obrigada por nada BB.

Poste um comentario